Escola Municipal Ambiental “Nelson Barreto da Silva” comemora 10 anos com palestra sobre Resíduos Sólidos e Reciclagem

palestra-ema-1

A Escola Municipal de Educação Ambiental (EMA) Nelson Barreto da Silva celebrou, nesta segunda-feira, 04/11, o aniversário de 10 anos da unidade. Para comemorar a data, a Diretora da EMA, Prof.ª Geralda da Luz Leal, convidou a palestrante Maria Flávia Casali Rossi, do Instituto Itaquareia, para realizar a palestra sobre “Reciclagem e Resíduos Sólidos” e a oficina “Como fazer uma composteira caseira”. O evento ocorreu no Auditório da Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação de Itaquaquecetuba. Participaram das atividades 70 alunos da Educação de Jovens e Adultos das seguintes unidades: EMEB João Geraldo dos Santos, EMEB Vereador João Marques e EMA Nelson Barreto da Silva.

Também esteve presente a Prof.ª Vitória Eunilia Santos Cruz, que está na unidade ambiental desde a inauguração, comentou “é muito importante oficinas como essa para criar ações sustentáveis, por exemplo, os resíduos orgânicos, por meio da compostagem, se transformam em matéria prima para hortas e outros tipos de plantações”.

 O supervisor José Rosa Martins, as formadoras da EJA Kelly Priscila, Luci Arena e Coordenador Michel Pinto da Costa representaram a Semecti nesta data festiva.

O tema da palestra e as práticas realizadas na oficina proporcionaram aos alunos conhecimentos sobre a importância da reciclagem dos resíduos orgânicos para o meio ambiente, e como transformá-los em um excelente adubo para as plantas. Também mostrou que a construção e manejo de composteiras e minhocários é uma tarefa simples e que pode ser feita em pequenos espaços, inclusive dentro de casas e apartamentos.

 De acordo com a palestrante Maria Flávia Casali Rossi, do Instituto Itaquareia “este encontro visa ampliar conhecimentos sobre atitudes sustentáveis para que alunos pensem no meio ambiente de forma holística, pensar local e agir global”.

Segundo a Diretora da EMA, Geralda da Luz Leal, “a educação ambiental é um processo permanente de sensibilização e formação de uma consciência crítica e cidadã, voltada para proposição e execução de políticas públicas para melhoria do meio em que vivemos”. Complementou “somos responsáveis pelos resíduos que geramos e precisamos entender o papel fundamental que desempenhamos na educação dos alunos”.

Ao final do evento, a Diretora da Escola Municipal Ambiental, agradeceu a presença de todos e a parceria, de grande valia, do Instituto Itaquareia, que para alegria dos participantes sorteou seis composteiras.

O Secretario de Educação, Prof. Fabiano Oliveira Novais, parabenizou a iniciativa e ressaltou que “A Escola Municipal Ambiental foi criada por meio da Lei Municipal Nº 2738, de setembro de 2009, e um dos objetivos é assegurar condições para que as escolas do município formulem e executem seus projetos de educação ambiental, os quais o indivíduo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação e preservação do meio ambiente, essencial à sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade”.

palestra-ema-2 palestra-ema-4 palestra-ema-10

Crédito das fotos: José Rosa Martins