Semecti Realiza do 2º Simpósio de Práticas Pedagógicas Inclusivas

a-97

A Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação de Itaquaquecetuba (Semecti) realizou nos dias 19 e 20/09/2019 o II Simpósio de Práticas Pedagógicas Inclusivas de Itaquaquecetuba, organizado pelo Núcleo de Formação, Acompanhamento Pedagógico Avaliação (NFAPA). Os encontros ocorreram no Auditório da Semecti, localizado a rua: Jundiaí nº 331, Monte Belo, Itaquaquecetuba, nos períodos das 8h às 12h e das 13h às 17h. Participaram do evento, professores de sala de recurso multifuncional, auxiliar de sala especial, coordenadores pedagógicos, gestores, professores da rede regular e público externo.

O objetivo do evento foi apresentar e discutir aspectos inclusivos para a vida, por meio de práticas e vivências educacionais no cotidiano, destinadas a incluir os deficientes na educação básica e na sociedade.

Na abertura do Simpósio, quinta-feira (20), o secretário de Educação, prof. Fabiano de Oliveira Novais agradeceu a presença de todos, parabenizou a equipe de profissionais do NFAPA pela realização do evento e ainda de forma especial agradeceu os palestrantes que voluntariamente estão contribuindo para o desenvolvimento da educação do município de Itaquaquecetuba e explicou: “Esse evento se faz necessário, na medida em que precisamos ter um olhar atento à Educação Especial uma vez que, é parte integrante do Sistema Geral da Educação sendo preciso fortalecer a formação dos professores e criar uma boa rede de apoio entre alunos, docentes, gestores, famílias e profissionais da saúde junto a essa demanda”.

Doutoras, mestras e especialistas no assunto, problematizaram temáticas como: “Direitos Humanos e pessoa com deficiência: inclusão ou exclusão?”; “O desenho universal para a aprendizagem: novas perspectivas”; “Experiências para inclusão humana com foco na educação”; “Autismo, conhecer para incluir”; “Nada como uma Asperger/Autista para lhes contar a verdadeira história”; “Orientações familiar e suas abordagens”; “Experiência para inclusão humana com foco na saúde”;

Educadores, pais e profissionais que trabalham com inclusão, participaram das mesas-redondas, mediadas pelo coordenador Michel Pinto da Costa, que traziam provocações sobre os desafios enfrentados no cotidiano escolar ao atendimento à criança com deficiência.

O encontro contou com a participação das atrações musicais: Projeto Música do Silêncio – Banda Tactile Look do Conservatório Municipal de Guarulhos, coordenado pelo Maestro Fábio Bonvenuto e Grupo GramatiCanto do músico Roberto dos Santos, do Projeto Parque Escola.

A palestrante profª Drª Célia Regina da Silva Rocha (Unicsul) parabenizou toda a equipe do NFAPA destacou que o ponto forte do evento foi a organização e o trato da abordagem temática, sentindo-se honrada em retornar para a cidade e disse ainda:  “nesta casa nós vemos o trabalho muito voltado para a inclusão e isso é muito positivo”. E continuou narrando, que trabalhava há quase quarenta anos com a inclusão percebendo que ainda há muita dificuldade tanto por parte da família de pessoas com deficiência como de profissionais que atendem esta demanda. Então, conclui: “é uma luta constante para que a gente possa romper barreiras”.

Para a coordenadora do NFAPA Daniela Delgado: “a relevância do Simpósio se dá na medida em que o espaço expande as discussões sobre inclusão e deficiência, bem como propicia a ampliação do repertório de conhecimentos para os profissionais da rede municipal que lidam com esse público no dia a dia”. E ainda, enfatiza: “Queremos mostrar o trabalho que o Núcleo de Formação vem fazendo acerca de formações e do fortalecimento dos polos de atendimento para Educação Especial nas escolas.” A profissional citou que uma temática interessante e inédita discutida neste evento é a importância de conhecer o mercado de trabalho para pessoas com deficiência e como efetivamente incluí-las neste contexto. A coordenadora finalizou sua fala dizendo que ela e sua equipe estão muito confiantes com os resultados positivos que certamente surgirão após o evento.

Elizeu de Miranda Corrêa

Assessoria de Supervisão Escolar

b-91 c-81 d-61 e-41