EMA realiza Encontro Ambiental no Shopping Itaquá Garden para professores do Sistema Municipal de Ensino

a-93

Em continuidade às ações desenvolvidas durante o ano letivo pela Escola Municipal Ambiental (EMA) Nelson Barreto da Silva, na última segunda-feira (9) a diretora da Unidade Escolar, a bióloga Geralda da Luz Leal organizou uma atividade no Shopping Itaquá Garden para os professores do Sistema Municipal de Ensino, divididos em três grupos, para tratarem de questões ambientais, por meio do relato de experiências realizadas em suas escolas.

De acordo com a diretora Geralda, disse que os encontros realizados no Shopping Itaquá Garden tiveram por objetivo estimular os educadores a apropriarem-se do trabalho ambiental, social e com viabilidade nos negócios desenvolvidos pelo referido centro comercial. Deste modo, “ao fazer um tour ambiental, observando as instalações sustentáveis do local, nos mostra a Educação Ambiental ocorrendo na prática,” relatou a gestora.

Além dos momentos das trocas de experiências, os participantes foram contemplados com palestras ministradas por diretora Kátia Bastos Florindo, diretora da Área de Preservação Ambiental (APA) da Várzea do Tietê, e por Vanessa Puerta Veruli, assessora de Educação Florestal do Estado de São Paulo. “Encontros como este nos instigam a conhecermos mais sobre a área da Várzea do Tietê, rio que passa pelo município de Itaquá e que possui uma fauna e flora ao seu redor que precisa ser estudada e preservada. Há espécies que estão desaparecendo sem que haja estudos sobre ela- enfatizou uma das palestrantes,” falou Vanessa Veruli.

Segundo Márcio Reis, gerente de operação do Garden, o lixo produzido nas dependências do empreendimento é tratado dentro do próprio Shopping Itaquá, deste modo, todo o lixo orgânico e reciclável, sobretudo, materiais que poderiam “gerar um problema, geram renda, adubo, matéria prima e impacto zero nos aterros sanitários.” Além disso, esclareceu Reis, “é realizado 100% do tratamento do esgoto local, isto é, o espaço possui infraestrutura sustentável,” concluiu o gerente.

Kátia Bastos, disse: “Conhecer os trabalhos que estão sendo feitos por este rio tão importante para o estado de São Paulo nos aproxima na busca de soluções. Em Londres temos o exemplo do Rio Tâmisa, que era um rio morto, hoje está despoluído, possui várias espécies de peixes e é um ponto turístico da cidade. Nós acreditamos e trabalhamos por ações que melhorem a qualidade do Rio Tietê e esses cuidados perpassam pela preservação da área de várzea que o contorna.”

O secretário de Educação, prof. Fabiano de Oliveira Novais, disse que “o trabalho desenvolvido pela EMA tem estimulado o processo de conscientização e de transformação em relação às possíveis práticas irregulares e aos impactos causados ao Meio Ambiente pela sociedade, ações importantíssimas especialmente para comunidade que compõem o Sistema Municipal de Ensino,” disse o titular da pasta parabenizando a equipe da EMA pela organização do encontro, bem como todos os envolvidos na ação e finalizou agradecendo a equipe do Shoping Garden Itaquá pela parceria. Para secretária adjunta de Educação, profª Me. Verônica Cosmo Barbosa, o encontro foi de grande relevância para disseminar o processo de preservação e de conscientização ambiental à nossa sociedade e tendo o professor como mediador nesse processo junto aos alunos é fator determinante para a boa formação de nossas crianças.

Elizeu de Miranda Corrêa

Assessoria de Supervisão Escolar

b-87 c-77 d-59 e-40