Comunidade é beneficiada com Projetos Socioeducativos desenvolvidos na EMEB Engenheiro Chiozo Kitakawa por meio de parcerias

a-88

A comunidade do bairro do Caiuby tem sido beneficiada por Projetos Socioeducativos desenvolvidos pela equipe da EMEB Eng. Chiozo Kitawa, ação que se deve ao envolvimento de pais, comunidade, instituições e, sobretudo, do engajamento das equipes: gestora, docente, funcionários e dos alunos, demanda que compõem a comunidade escolar.

Nesta perspectiva, a diretora da escola, profª Tatiane de Paula Paraíso, desde o início deste ano quando assumiu a gestão da unidade escolar visando aproximar a comunidade local à escola, juntamente com os professores e funcionários pensaram em parcerias para dar um atendimento mais completo à população local, na medida em que se compreende que o potencial transformador educacional, histórico, social, cultural, político e, portanto, crítico da escola, rompe os muros da unidade e estabelece fortes vínculos com a demanda ao seu redor.

Refletindo sobre esses aspectos transformadores, tendo o espaço escolar como núcleo deste a equipe da EMEB Chiozo Kitakawa de forma acolhedora, afetiva e companheira implementou três projetos para atender a comunidade do bairro visando oportunizar o acesso das pessoas à práticas culturais, tecnológicas e esportivas.

Todas as sextas-feiras a escola abre suas portas para receber a comunidade para as “Projeto Aulas de Zumba”. Ação parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de Itaquaquecetuba, ministrada de forma voluntária, pelo prof. Ivison Oliveira, “Zumba é uma modalidade aeróbica que traz mais disposição, modela o corpo e melhora a saúde e o humor de maneira descontraída e cheia de ritmo. Mesmo quem não sabe dançar aprende a executar passos da dança simples misturados a movimentos de ginástica localizada ao som latino e pop.” (https://minutosaudavel.com.br/zumba/). De acordo com a diretora Tatiane Paraíso, as aulas são divertidas e animadas. Essa aula é uma oportunidade de todos terem acesso à atividade física e socialização. “Todas as noites de sextas-feiras a quadra da escola fica repleta de pessoas a procura de melhoria na qualidade de vida através da dança.”

Em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Itaquaquecetuba, a escola promove o “Projeto Inf@Itaquá”, atividade em que o prof. Lucas Araújo ministra aulas num curso completo de informática básica. Esse curso atende aos alunos da escola e toda a comunidade em geral. Segundo a equipe gestora da unidade escolar, o espaço da sala de informática foi equipada com computadores e recursos de multimídia para que todos possam adquirir os conhecimentos necessários e estarem dando formação os jovens para que os mesmos possam ter mais oportunidades no mercado de trabalho num futuro próximo. “Já tivemos a formação de 4 turmas e agora vamos ter a formatura de mais 4 esse mês e início de nova turma em outubro de 2019.

E, por fim, a escola mantem o “Projeto Tom de Bola”. Ainda de acordo com a equipe gestora da escola, “essa ação acontece aos finais de semana onde o preparador físico Filipe Florentino treina crianças de diversas idades dando incentivo à práticas esportivas e replicando valores e disciplina que o esporte pode oferecer. Esse Projeto tem a parceria com um jogador do futebol europeu que nasceu no bairro onde se localiza a escola e que agora trás para o mesmo esse Projeto em forma de retribuição com a promessa de quem sabe sair daqui um novo craque ou futuros atletas para trazerem alegrias para o Brasil.”

A profª Tatiane Paraiso explicou que “a diferença entre estar inserida e fazer a diferença reflete diretamente na qualidade de ensino e na conservação do patrimônio público, pois a vizinhança ajuda a cuidar e proteger a escola e seus alunos,” concluiu a profissional agradecendo toda a comunidade escolar, parceiros e Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação de Itaquaquecetuba pelo irrestrito apoio.

Para o secretário de Educação, prof. Fabiano de Oliveira Novais, hoje a instituição escola é a porta de entrada para grande parte das demandas do bairro e o elo de integração com outras esferas sociais, desta forma, “estes projetos desenvolvidos pela equipe do Chiozo são de grande relevância e cumprem a função social da escola.” A secretária adjunta de Educação disse que o papel da escola é fundamental no processo transformador da sociedade e o projeto bem estruturado e executado com eficácia é um meio transformar para a construção de uma sociedade melhor e mais igualitária.

Elizeu de Miranda Corrêa

Assessoria de Supervisão Escolar

b-83 c-72 d-56 e-38 f-28