Coordenadores Pedagógicos participam de Formação Continuada

5 (3)

A secretaria municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação de Itaquaquecetuba (Semecti) realizou na tarde desta quarta-feira (22) em parceria com a EE Homero Fernando Milano, uma palestra para os coordenadores pedagógicos da rede que compõe o Sistema Municipal de Ensino, intitulada “Por uma nova história: poder e prazer na “invenção do passado” com o prof. Me. Fabrício Herbeth Teixeira da Silva, A ação foi realizada no auditória da Semecti e contou com a participação de aproximadamente 80 profissionais.

No período da manhã os coordenadores pedagógicos tiveram um momento de acolhimento e recepção por parte da equipe do Departamento de Coordenadoria Pedagógica, que efetuou momentos de reflexão sobre as funções do profissional coordenador pedagógico, as relações interpessoais, a humanização etc. Na abertura do evento os profissionais foram recebidos pelo talentoso cantor Vinicius de Souza Casagrande Junior, 10 anos, aluno da EM Joaquim Perpétuo, que de forma muito sensível acolheu o público com as belas canções da música popular brasileira.

Ao fazer o uso da fala, a secretária e Educação, profª Mª Verônica Cosmo Barbosa, saudou e cumprimentou todos os presentes, parabenizou o garoto Vinicius e disse que a música para ela era uma espécie de oração na medida em que cada canção traz sempre uma mensagem. A titular da pasta fez uma breve abordagem, análise e reflexão sobre o papel do coordenador pedagógico no contexto atual, no que tange aos desafios e as responsabilidades no cotidiano do ambiente escolar, reforçando a ideia de que independente das qualidades e das fragilidades de cada profissional na escola deve-se imperar o corpo coletivo, ou seja, o contexto da equipe.

Para Verônica, a questão pedagógica é a “alma da escola”, todavia o trio gestor (coordenador pedagógico, vice-diretor e diretor) precisam estar unidos para que haja um bom andamento no espaço escolar, disse ainda que “o ato de ensinar passa por um processo contínuo de aprendizagem” e, nesse sentido, “um educador deve estar atento a tudo, aos acontecimentos sociais, estar focado, o coordenador pedagógico é uma peça fundamental e imprescindível para o ensino aprendizagem de nossos alunos”. E, por fim, a profissional parabenizou a todos pelo excelente trabalho que cada um desenvolve na Semecti, promovendo com responsabilidade e eficiência a qualidade na educação, colocando-se à disposição dos educadores.

A diretora do departamento de Coordenadoria Pedagógica, a professora formadora Eliana Aparecida Silva dos Santos (Lia Silva), parabenizou também toda equipe de coordenadores pedagógicos e explicou que sabe das dificuldades e dos desafios que cada profissional enfrente em seu dia a dia, e disse que o departamento por ela dirigido estará sempre apoiando os profissionais e os amparando em qualquer situação, e agradeceu os profissionais pela parceria “obrigado por vocês estarem levando o trabalho com dignidade e responsabilidade nas escolas, nós estamos com vocês, nos vemos vocês, nós precisamos de vocês!”, finalizou Lias Silva. No período da manhã após o café e o momento de interação e sociabilidade ofertado aos profissionais, foi ofertado ainda uma atividade pedagógica aos coordenadores pedagógicos.

Após o almoço iniciou-se a palestra com o prof. Me. Fabrício Herbeth, doutorando em História Social pela PUC-SP, autor do livro “Nas Tramas da Escassez: o comércio e a política de abastecimento de carnes verdes em Belém 1897-1909” e professor efetivo na EE Homero Fernando Milano. A secretária de Educação, profª Ma. Verônica Cosmo Barbosa, agradeceu a presença do profissional e, sobretudo, a parceria mantida entre a Semecti e a EE Homero Fernando Milano, na pessoa da diretora profª Ângela Tavares de Souza, que sempre tem se colocado à disposição.

A palestra foi focada em problematizar algumas datas e conceitos históricos massificados, isto é, desconstruir discursos proferidos como: a conquista do Brasil, o índio e a diversidade cultural brasileira, tudo isso visando proporcionar reflexões e estimular o espírito crítico dos profissionais, para trabalhar com os professores nas escolas, destacando-se a preocupação do departamento de Coordenadoria Pedagógica e da Assessoria de Projetos Educacionais e Eventos em propiciar a discussão da temática, uma vez que estas datas históricas serão conteúdos abordados no mês de abril. Segundo o prof. Fabricio, “a história é o instrumento, ou melhor, a chave para a compreensão e a problematização do passado, seja ele forjado por interesses e conveniências da elite”, disse o palestrante.

 

Elizeu de Miranda Corrêa

Assessoria de Projetos Educacionais e Eventos

1 (6) 3 (7) 4 (6) 6 (2)